..

20 de mai de 2015

Estude Inglês em Sydney com a Eurocentres

Pra quem está afim de estudar inglês, a Embarque Educacional traz diversas opções de locais para todos os gostos. Um exemplo é a escola Eurocentres em Sydney, na Austrália. A cidade é a maior do país,com um porto magnífico e as famosas Opera House e Harbour Bridge.


Sydney tem clima temperado e praias espetaculares para o surfe, incluindo Bondi, Coogee e Manly. Esta cidade palpitante e multicultural oferece uma vida noturna animada, restaurantes, cafés e lojas, e o excelente sistema de transportes, com trens, ônibus e balsas, facilita a locomoção.


O campus Eurocentres/Performance English School fica perto de faculdades, de um parque e tem boas ligações com o transporte público. Darling Harbour é uma zona da cidade e local de férias com imensos hotéis, restaurantes, centros comerciais, teatros, museus, etc., tudo alcançável a pé. As oito salas de aula são bem iluminadas e estão decoradas de um jeito funky, que motiva bastante a aprendizagem. A atmosfera descontraída e simpática das redondezas faz todo o mundo se sentir nas nuvens. Intercâmbio Sydney: "cantando ópera" na escola de inglês.


Dentre as atividades que podem ser praticadas, o estudante pode aproveitar as praias, o zoológico Taronga e a Sydney Tower. É possível ainda fazer um cruzeiro pelo porto, subir a ponte, participar de excursões pelo parque nacional e de caminhadas pela mata Blue Mountains. 

Tem interesse no curso? 
Dúvidas e orçamentos através do Whatsapp (86) 9409-8678.

18 de mai de 2015

Conheça os 10 museus mais visitados do mundo

Os grandes museus proporcionam aos visitantes o encontro inesquecível com cultura e história, para que a arte seja apreciada e para aprender acerca da ciência, humanidade e natureza. E nesta seleção estão os 10 museus mais visitados do mundo, de acordo com a classificação da TEA (Themed Entertainment Association).

Os museus desta seleção apresentam cultura e viagem pelo tempo, com obras de arte famosas, experiência única, coleções históricas, para alegria dos fascinados e amantes da arte, atraindo os turistas do mundo todo e sendo destino de viagens.

10° Tate Modern – Londres, Inglaterra


A fundação do Tate Modern foi pelo fim do século 19 por Henry Tate, empresário, e atualmente são 4 sítios na capital inglesa. Nos dias atuais, a coleção engloba mais de 70 mil obras, com obras de arte contemporânea internacional e moderna. Eles receberam 4.9 milhões de visitantes em 2013.

9° Museu Americano de História Natural – Nova York, Estados Unidos


A localização é frente ao Central Park, no coração da cidade Nova York, e é popular em especial pela sua coleção de fósseis de dinossauros que atraem 5 milhões visitantes todos os anos. Porém, além de animais pré-históricos, o Museu Americano de História Natural apresenta um rico acervo de exibições permanentes e temporárias relacionadas à natureza.

8° Museu de História Natural – Londres, Inglaterra


A inauguração do Museu de História Natural de Londres aconteceu em 1881, partindo da doação da coleção pessoal do Sir Hans Sloane, no ano 1753. Atualmente, o museu contém acervo de mais de 70 milhões de espécies de animais, insetos, fósseis e plantas, atraindo 5.1 milhões de visitantes anuais.

7° Museus Vaticanos – Vaticano


Na decisão do Papa Julio II de expor uma coleção de esculturas no início do século 16, o mesmo não tinha noção de que estava criando um dos maiores acervos de cultura do mundo. O conglomerado dos Museus Vaticanos reúne seções de história egípcia, cerâmicas, tapetes, a estonteante Capela Sistina, e arte contemporânea para 5.5 milhões de visitantes anuais.

6° National Gallery – Londres, Inglaterra 


A localização do National Gallery é em Trafalgar Square, coração de Londres, e possui uma coleção que reúne obras de pintores europeus de séculos 13 a 19. São mais de 2.300 obras, e o museu apresenta trabalhos de artistas como Da Vinci, Botticelli, Van Gogh e Rembrandt. Em 2013, 6.1 milhões de turistas e visitantes locais.

5° Metropolitan Museum of Art – Nova York, Estados Unidos


Este museu foi idealizado no século 19, pelo grupo de americanos que vivia em Paris, com decisão de criação de uma coleção de arte para contribuição com a educação nos Estados Unidos. Atualmente, o museu possui mais de 2 milhões de obras no acervo próprio, com milhares delas em exposição de forma permanente, além de mostras temporárias. É destino de 6.3 milhões de visitantes do mundo inteiro, que desejam conhecer o ambiente especial.

4° Museu Britânico – Londres, Inglaterra


O Museu Britânico surgiu em meados do século 18, partindo do acervo de um destacado colecionador, com permanência aberta desde então. A coleção fixa do museu possui peças históricas de valor incalculável como os frisos do Partenon de Atenas e a Pedra de Roseta. Em 2013, recebeu 6.7 milhões de visitantes.

3° Museu Nacional da China – Pequim, China


Esse museu foi fundado em 2003 pela fusão dos dois museus separados que tinham ocupado o mesmo prédio desde 1959: o Museu da Revolução Chinesa na asa norte e do Museu Nacional de História Chinesa na ala sul. Ele possui uma coleção permanente de 1.050.000 itens, com muitos artefatos preciosos e raros da dinastia Shan, Qing e Song. As obras que contam a história da China atraíram 7.4 milhões de visitantes em 2013. É o museu mais popular da Ásia.

2° Museu Nacional de História Natural – Washington, Estados Unidos


O Museu Nacional de História Natural integra o Instituto Smithsonian, localizado em Washington, desde o ano 1910. A coleção do museu reúne mais de 126 milhões de espécies e objetos relacionados às ciências naturais do mundo inteiro. Segundo a TEA, recebeu 8 milhões de visitas em 2013.

1° Louvre – Paris, França


Antes de ser o museu mais famoso e mais visitado do planeta, com impressionante acervo que inclui obras como a Mona Lisa, o Louvre representava uma fortaleza de construção no século 12, para proteção de Paris, e na posteriormente, um palácio da realeza francesa. Atualmente, as modernas pirâmides de vidro são contrastantes com o edifício histórico, e são importantes como porta de entrada para um dos mais incríveis acervos de arte, cultura e história do mundo. Louvre recebeu 9.3 milhões de visitantes no ano de 2013.

Fonte: http://top10mais.org

14 de mai de 2015

16 Motivos para você aprender um novo idioma


Falar um idioma diferente daquele utilizado em sua nação pode trazer grandes mudanças na forma de se ver o mundo. Dentre as línguas mais faladas, estão: Inglês, Espanhol, Francês e até o Mandarim. Provavelmente você já sabe a importância de ter mais de um idioma fluente em seu currículo, mas separamos as razões a seguir para motivar você a buscar essa conquista. Confira:

01. SEJA MAIS FELIZ
Falar mais de um idioma ajuda você a ser mais feliz, pois você consegue se conectar com mais pessoas, aproveitar melhores oportunidades e ser mais realizado.

02. FAMÍLIA
Se você possui parentes que moram em outros países pode aproveitar essa oportunidade para aprender a língua desse local.

03. RESPEITO PELA CULTURA
Falar mais de um idioma ajuda você a desenvolver mais respeito por outras culturas e tradições. Isso é muito importante, pois enriquece seu caráter como ser humano.

04. GANHE INDEPENDÊNCIA
Ao falar mais de uma língua você se sentirá mais confiante e autossuficiente para lidar com situações desafiadoras como um intercâmbio ou conferência internacional.

05. AJUDE TURISTAS
Se você já passou por essa situação em outro país sabe como é difícil não conseguir se comunicar com as pessoas ao seu redor. Falar outro idioma pode ajudar você a evitar que outras pessoas passem pelo mesmo problema em seu país.

06. ALCANCE UM NOVO OBJETIVO
Aprender um novo idioma é uma grande conquista. Essa meta pode ajudar você a se sentir mais confiante e motivado.

07. IMPRESSIONE OS PRETENDENTES
Você impressionar os pretendentes ou outra pessoa querida com um poema em um idioma romântico como o francês ou italiano.

08. MELHORE SUA LEITURA
Falar outro idioma ajuda você a melhorar sua leitura em geral.

09. APRIMORA A MEMÓRIA
Além da leitura, você também melhora sua capacidade de memorização e mantém seu cérebro ativo e saudável.

10. FAZER NOVOS AMIGOS
Viajar é uma ótima oportunidade de conhecer novos amigos e fazer amizades ao redor do mundo, mas para isso você precisa saber se comunicar com essas pessoas.

11. ENRIQUEÇA SUAS VIAGENS
É claro que você pode ir viajar sem falar o idioma do país de destino, mas falar a língua é algo que enriquece muito suas experiências nesse país, pois além dos passeios tradicionais você também poderá se arriscar em roteiros mais diferenciados.

12. APRENDA CULINÁRIA
Leia receitas originais da Itália ou da França e aprenda a culinária do país.

13. FAÇA INTERCÂMBIOS
Mesmo que você tenha perdido a oportunidade de fazer um intercâmbio no ensino médio, pode experimentar essa experiência no curso superior ou durante o mês de férias do trabalho.

14. ENTENDER MÚSICAS ESTRANGEIRAS
Grande parte dos brasileiros gosta de músicas estrangeiras em inglês ou espanhol. Falar um desses idiomas ajuda você a entender as letras e apreciar as músicas ainda mais.

15. NOTÍCIAS ESTRANGEIRAS
Por mais que os canais de notícias nacionais transmitam notícias estrangeiras, falar outros idiomas ajuda você a entender e interpretar essas informações de forma equilibrada e neutra.

16. QUANTO MAIS IDIOMAS, MAIS FÁCIL
Quanto mais idiomas você souber, mais fácil será de aprender novas línguas, principalmente se a origem das línguas for similar, como o latim.

8 de mai de 2015

Quer fazer um intercâmbio? Estude com a Eurocentres!


Se você já está decidido a estudar fora por um tempo, além conhecer os benefícios que Embarque Educacional oferece, é importante também ficar por dentro da escola em que estará estudando. Uma das instituições de destaque é a famosa Eurocentres. 

Pra quem não conhece, a Eurocentres existe há mais de 60 anos atuando em 6 continentes, 14 países e 39 destinos. Se tornou uma rede mundial que recebe anualmente mais de 13.000 alunos por ano em escolas na Europa, Estados Unidos, Canadá, Austrália, Nova Zelândia, África do Sul e Japão. Além do inglês e espanhol, a Eurocentres ensina outros idiomas como chinês, japonês, francês, alemão, italiano e russo.


E um dos diferenciais da instituição é que além de aprender uma nova língua, o aluno mergulha em um novo mundo. Atividades sociais, cursos profissionalizantes e dinâmicas são programações priorizadas nos cursos. 


Além do foco social, a tecnologia também é destaque. As escolas fornecem quadros brancos interativos, internet sem fio de alta velocidade em todos os edifícios, computadores de última geração e acesso ao campus online my.eurocentres, onde o aluno acompanha seu progresso, conecta-se com outros estudantes e planeja suas atividades. O acesso do portal se dá antes mesmo de sua estadia, e também depois, fazendo um plano continuado dos estudos.

Estudar na Eurocentres sem dúvidas é uma experiência única. A mistura de culturas e nacionalidades enriquece a experiência de aprender um novo idioma.