..

28 de dez de 2015

São Francisco: leveza e cultura em uma das maiores cidades americanas

O ano de 2015 já está indo embora e mais um ano está prestes a desembarcar. E, com ele, novos planos, desejos e expectativas. Mas, se você ainda não se planejou, ainda dá tempo. Depois disso, passe direto para as realizações. Nada de planos frustrados, certo?

Brenda Oliveira, próximo à Ponte Golden Gate (Foto: Arquivo Pessoal)
Por exemplo, a Brenda Oliveira (21) aproveitou o início de 2015 para se decidir a realizar o tão falado sonho de fazer um intercâmbio. E, segundo o que ela contou pra gente, a experiência foi maravilhosa e as expectativas em relação à cidade escolhida foram superadas. Brenda passou 04 semanas na cidade americana de São Francisco, no estado da Califórnia (EUA). Vamos conferir o que ela contou dessa aventura? :D


Quando planejou o intercâmbio, por que decidiu pela cidade de São Francisco?

Sempre quis fazer um intercâmbio. Então, decidi no começo do ano que iria realizar esse sonho. Escolhi São Francisco pelo clima ameno, pela vida leve que a cidade poderia me proporcionar e pelas diversas atrações que a cidade oferece. É uma cidade incrível. Certamente, voltarei.

As expectativas foram superadas?

Sim. Não tem como descrever o ritmo de São Francisco, que é muito agradável, considerada uma das cidades com maior qualidade de vida nos EUA.

Como foi viver quatro semanas em uma cidade que é conhecida pela vida cultural agitada e diversificada, com muitos museus e festivais?

(Foto: Arquivo Pessoal)
Foi fantástico. Tive a oportunidade de frequentar vários museus. A cidade é rica culturalmente e, com certeza, isso agrega a quem decide conhecê-la, proporcionando um enriquecimento cultural absurdo. Além disso, você sempre tem algo novo para fazer e conhecer, o que torna a experiência ainda mais incrível.

E quanto ao curso, como foi aprender e se aperfeiçoar no inglês na quarta maior cidade do estado da Califórnia?

O curso é ótimo. As aulas eram muito dinâmicas. Você nem percebe que está assistindo aula. Além disso, a convivência com pessoas de todas as partes do mundo te faz aperfeiçoar a audição no idioma, o que é muito importante para o estudante de inglês.


(Foto: Arquivo Pessoal)
Que experiências marcaram com aprendizados que serão uteis por toda a vida profissional e/ou pessoal?

Tive muitas experiências agradáveis no intercâmbio que, certamente, marcaram minha vida. Mas, acredito que a diversidade cultural existente na cidade é o mais marcante. Isso, porque conheci pessoas de todas as partes do mundo e aprendi muito com elas, entrando um pouco mais na cultura dessas pessoas. Além disso, minha visão sobre o mundo hoje é completamente diferente. A experiência de intercâmbio me fez abrir a mente para muitas coisas e contribuiu pra meu crescimento como ser humano.

Recomenda a cidade para quem busca se aprofundar no inglês? Por quê?

Recomendo São Francisco para pessoas de todas as faixas etárias. O curso é ótimo e, principalmente, a vida na cidade é muito atrativa. Se você busca um ritmo de vida leve, São Francisco é o local. As pessoas são educadas, prestativas e receptivas. Você pode praticar o idioma a todo momento.

Conservatório de Flores (Foto: Arquivo Pessoal)

E então, depois de ler tudo isso, deu pra se inspirar e desejar um 2016 com muitas realizações? Esperamos que a resposta seja um "SIM!" bem decidido, pois o mundo te espera!

18 de dez de 2015

Em 2016: ano novo, vida nova, país novo


Um novo ano vem chegando e uma boa dica é se organizar para realizar um intercâmbio. Seja para aprender ou se aperfeiçoar em um idioma, seja para conhecer mais do universo da culinária, de algum esporte ou cultura, o importante é renovar as forças, projetar e executar planos e ampliar horizontes.

E, apesar de algumas questões econômicas instáveis, como a crise e as variações do dólar, as previsões indicam que a procura por intercâmbio até aumente. Para que tudo ocorra bem, é proveitoso seguir alguns conselhos. Aí vão eles!

Você pode até achar que a primeira dica é meio clichê, mas é sempre válida: o bom e velho planejamento, com muita sabedoria. Pesquisar, pesquisar e pesquisar para evitar frustrações durante a viagem.

A segunda dica é considerar alguns países mais econômicos como possíveis destinos de intercâmbio, por conta da desvalorização do real. Alguns deles estão na América Latina, América Central e África. Ser um pouco flexível vai ajudar!

Argentina (Foto: Shutterstock)


Em terceiro lugar, analise bem a procedência da empresa a ser contratada e o serviço oferecido. Para isso, é vantajoso trocar informações e conversar com clientes mais antigos, que já usufruíram de tal serviço, para saber como foi a experiência.

Já o quarto conselho é mais direcionado para as condições de viagem oferecidas em pacotes de intercâmbio. Analise detalhadamente tudo o que está incluso no plano. Passagens, hospedagem, etc. Lembre-se que o cuidado é em economizar, e não ter mais gastos por fora.

Por fim, em quinto lugar, é indicado optar pelo serviço de seguro-saúde. Mas que fique claro que é uma escolha, portanto, opcional, que também vai depender do país escolhido. Se considerar que o sistema de saúde público não é dos mais qualificados e confiáveis, opte por contratar o serviço de seguro-saúde.


Essas são apenas algumas dicas entre tantas outras. Mas, em resumo, a regra é clara: planeje bem para não levar nenhum desconforto na mala. E boa viagem! :D 

Fonte: Estadão Educação

4 de dez de 2015

Irlanda: Frio, educação e qualidade de vida

Dublin (Foto: Arquivo Pessoal)
Europa, belas paisagens verdes, clima frio e muita chuva: se você gosta disso, possivelmente vai se encantar com a Irlanda. Mas se não gosta tanto assim, fique tranquilo. Na primavera, entre os meses de março e maio, o frio ameniza e o sol brilha mais! Mas outras características do país também merecem destaque. 

Ocupando a posição de décimo primeiro lugar no Índice de Desenvolvimento do Mundo (IDH), o país desenvolvido também possui ótimos níveis de democracia e liberdade de imprensa, econômica e política. E quanto ao lazer, variadas opções de esporte aquático podem ser praticadas e diversos pub's esperam os turistas, compondo uma vida noturna bastante agitada, principalmente em Dublin, capital da Irlanda.

Esses e outros aspectos foram tão marcantes para Isabel Cavalcante (30) que ela chegou a prolongar o período de intercâmbio. E a gente conversou um pouco sobre esse período. Confere aí!


Por que escolheu a Irlanda?

I: A princípio, pensei na Inglaterra como primeira opção, mas acabei optando pela Irlanda pela possibilidade de estudar e trabalhar ao mesmo tempo.

Quanto tempo você já possui de vivência na região?

I: Cheguei na Irlanda há um (ano) e nove meses.

Dublin (Foto: Arquivo Pessoal)
As expectativas foram superadas?

I: Sim! Costumo dizer que serei sempre grata por ter sido tão bem recebida e pela experiência enriquecedora que tenho vivido ao longo desses quase dois anos.

Como é viver em um país que possui um dos melhores Índices de Desenvolvimento Humano (IDH) do mundo?

I: É maravilhoso poder desfrutar dessa qualidade de vida.

Que característica da Irlanda mais marcou você até o momento?

I: A educação do povo irlandês! É o país do por favor, com licença e obrigado.

Para você, o que diferencia a Irlanda dos outros países que já visitou?     
                                       
Guiness Lake (Foto: Arquivo Pessoal)
I: O clima! Nós temos todas as estações em um só dia, mas a estação que prevalece é sempre o inverno. 😁

E a experiência de estudar no exterior, como tem sido?

I: Tem sido de muito aprendizado, não só nos cursos de inglês ou no trabalho, mas sabedoria de vida!

Recomenda o destino para algum público em especial (jovens, adultos, turistas, profissionais, etc)?

I: Recomendo, principalmente, aos jovens que decidiram por embarcar nessa aventura que é o intercâmbio.


Viu? O recado foi dado! Quando for escolher um destino para fazer intercâmbio em idiomas, anote Dublin, na Irlanda entre suas opções. :)