..

20 de mai de 2016

Fort Lauderdale: encantos de uma cidade exemplar

(Foto: arquivo pessoal)
Quando as coisas não andam muito bem ao nosso redor, viajar é uma ótima solução, concorda?! Foi mais ou menos isso que aconteceu com o estudante de Medicina Telmo Meneses (22), quando ele decidiu ir para a cidade americana de Fort Lauderdale, na Flórida. E, pelo que ele contou pra gente, passar um tempo de 03 semanas na cidade ensolarada para realizar um intercâmbio em inglês parece que fez muito bem. Confira o que ele contou sobre a experiência.


Por que decidiu realizar um intercâmbio e para que destino foi?
Por ser um sonho de infância poder estudar o idioma e conhecer outros países, depois de adulto tive a oportunidade de realizar o mesmo. Adquirir novas experiências, abranger meus conhecimentos e viver em uma nova cultura me atraiu a pesquisar por um intercâmbio e concretizar essa oportunidade. Meu intercâmbio foi em Fort Lauderdale - Flórida - EUA.

(Foto: arquivo pessoal)
Como foi o processo de escolha do destino de intercâmbio?
Bom, eu sempre tive interesse de conhecer alguma cidade na Flórida. Acho o estado da Flórida encantador por seu clima agradável, pessoas alegres e festivas. Isso foi importante para minha escolha. Sem descartar que a cidade possui lugares incríveis por sua beleza e é bastante acolhedora. E através dessa viagem pude conhecer outras cidades, as quais me apaixonei.

(Foto: arquivo pessoal)
O que você sentiu ao sair de Teresina, no dia da viagem?
Eu me senti muito satisfeito por ter essa oportunidade, ainda mais no momento em que nosso país estava e ainda está. Minha empolgação era nítida, pois eu nem sabia o que eu poderia encontrar e todas as minhas expectativas foram superadas! Fiquei feliz ao sair do meu estado e poder vivenciar experiências e cultura diferente. Palavras me faltam para expressar o tamanho da minha ansiedade.

E qual foi seu sentimento ao chegar nas terras americanas?
Estava tão ansioso e ao mesmo tempo anestesiado por estar vivendo algo que divergia do meu cotidiano, que curiosidade foi o que me levou a explorar cada segundo ali que me foi fornecido. Me dediquei ao máximo para aproveitar cada momento sem escapar nenhum detalhe dessa experiência tão fantástica.

(Foto: arquivo pessoal)
Quais foram as suas impressões da cidade de Fort Lauderdale? As expectativas foram superadas?
Uma cidade maravilhosa, super bem localizada, desenvolvida, tudo bem acessível e bem animada com belas praias e ótimos restaurantes. Pessoas educadas, criminalidade zero, dentre outros fatores que me deixaram deslumbrado. Sem dúvidas, superou todas as minhas expectativas e espero voltar em breve nem que seja para turismo ou um outro tipo de intercâmbio.

O que mais surpreendeu no período de intercâmbio?
A educação dos americanos, acessibilidade para nativos e estrangeiros, o patriotismo e rigor da civilização. A forma de receptividade das pessoas para com estrangeiros e o interesse e cuidado com que os americanos tem em tratar uma pessoa que não é parte do seu país.

O aprendizado de inglês foi satisfatório? O que esse conhecimento possibilitou em sua vida pessoal/profissional?
Sem dúvida! Foi super satisfatório! Abriu portas para amizades internacionais dentre vários países e eu fiquei bem mais convencido que é fundamental ter domínio de outro idioma para ter mais oportunidades, principalmente na área médica.

(Foto: arquivo pessoal)

E da rotina que você tinha na cidade americana, o que mais sente falta, quando lembra do intercâmbio?
Sinto falta da calmaria e segurança que aquela cidade me proporcionou. Uma sensação de liberdade única. Momentos que fizeram eu refletir muito sobre várias questões pessoais e profissionais, onde consegui por diversas vezes me centralizar no meu objetivo e tem ambições e ideias para o meu futuro. Sinto falta de absolutamente tudo.
 * * * 
Então, é isso: partir pra um intercâmbio, se aventurar em um novo país e perceber que a vida pode ser bem melhor! E ainda refletir sobre o futuro e tentar novas oportunidades. Quem topa embarcar nessa ideia?! :D

13 de mai de 2016

Intercâmbio: quando a saudade vem na bagagem



Muitos dizem que saudade só existe no nosso idioma, o português. A palavra até existe em outros idiomas, mas o sentido que o brasileiro atribui a ela, só a gente sente. E é disso que vamos falar um pouco hoje: saudade. 

(Foto: arquivo pessoal)
O professor de inglês Andre Luis Rocha (30) aceitou nosso convite pra falar sobre sua experiência de intercâmbio que aconteceu já há alguns meses, no ano passado e que deixou saudades. Andre viveu o período de um mês na tão famosa e procurada Toronto, a maior cidade do Canadá.

Leia mais sobre o que o Andre contou pra gente, entre lembranças, saudades e aprendizados do intercâmbio!


Em que ano você realizou o intercâmbio e para que destino foi? 

O intercâmbio que eu fiz foi no ano passado, 2015, em janeiro e o lugar que escolhi estudar foi Toronto, no Canadá.

(Foto: arquivo pessoal)
Quando lembra desse período, o que percebe de mais fundamental que aconteceu no intercâmbio para seu desenvolvimento como pessoa? 

O intercâmbio que eu fiz foi muito importante para o meu amadurecimento pessoal, pois foi uma oportunidade de viajar sozinho, e embora muitas pessoas achassem que viajar sozinho não era uma boa experiência, eu posso dizer o contrário. Eu aprendi muito com esse intercâmbio. Fiz amigos de diferentes países, conheci muitas coisas da cultura canadense e percebi como as pessoas que vivem na cidade de Toronto respeitam a cidade e a todos que vivem nela.

O que o domínio do inglês tem permitido de benefícios em sua vida pessoal/profissional? 

O inglês é uma língua que proporciona a possibilidade de conhecer diferentes culturas e fazer laços de amizades com pessoas de diferentes países. Eu sou professor de inglês e o domínio do inglês é algo muito importante para meu trabalho, uma vez que se eu desejo ser um profissional mais capacitado e mais seguro, é necessário que eu tenha o domínio da língua inglesa e conhecimento da cultura de países onde a língua inglesa é a língua oficial.

(Foto: arquivo pessoal)

Qual a sua maior saudade quando recorda do período de vivência no exterior? 

A minha maior saudade do meu período de intercâmbio é a organização do país, uma vez que o sistema de transporte público canadense é muito eficiente e outro ponto importante é a segurança. Eu saia para festas e para a casa de amigos e me sentia muito seguro caminhando pelas ruas da cidade a noite.

O que aproveitaria para fazer mais se realizasse outro intercâmbio? E o que deixaria de fazer? 

Se realizasse outro intercâmbio eu viajaria mais um pouco. No intercâmbio que eu fiz, tive a possibilidade de viajar para vários lugares e foi uma experiência maravilhosa que sempre vou carregar na minha mente. Já o que deixaria de fazer eu sinceramente não sei, pois foi uma viagem bem planejada e o suporte que a agente de viagem da Embarque me deu foi muito bom. Aproveitei a oportunidade e viajei para vários lugares e fui até New York sozinho e me senti muito tranquilo com tudo.


Que conselhos daria a quem vai realizar um intercâmbio pela primeira vez? 

O meu conselho para quem deseja fazer um intercâmbio cultural é deixar o medo de realizar uma viagem sozinho. O medo é algo muito negativo, pois em alguns momentos nos faz deixar de vivenciar grandes experiências como um intercâmbio cultural. Se você realmente deseja fazer um intercâmbio vá a uma agência com credibilidade e converse com um agente de viagem que é a pessoa mais apropriada para retirar todas as suas dúvidas, pois, planejamento e organização é o sucesso de uma boa viagem.


E você, caso já tiver feito um curso no exterior, deu saudade?! Mas, se nunca tiver realizado um intercâmbio, deu pra perceber que a experiência super vale a pena, né? :D

6 de mai de 2016

Vancouver: intercâmbio em uma das melhores cidades do mundo




O que você acha de passar um tempo em uma cidade que está entre as melhores do mundo para se viver? Com ciclovias, praias organizadas, cerca de 180 parques e ruas arborizadas, além de outros excelentes níveis de qualidade de vida... uma experiência interessante, certo?

Pois foi mais ou menos isso que o advogado Assis Campos (23) viveu, por aproximadamente um mês, na cidade multicultural de Vancouver, no Canadá. Acompanhe o que ele contou pra gente!

(Foto: arquivo pessoal)
Ao decidir pela realização do intercâmbio, por que escolheu Vancouver?
Eu escolhi Vancouver porque ela foi conceituada uma das 10 melhores cidades do mundo para se viver, e também por sua temperatura agradável.

Sendo uma das melhores cidades do mundo para se viver, ao chegar lá, ainda teve como se surpreender? As expectativas foram superadas?
Sim, fiquei surpreso com a educação das pessoas e a organização do transito, sem falar nos transportes públicos que são de extrema eficiência. Todas as minhas expectativas foram superadas, eu já esperava uma experiência boa, mas nunca pensei que fosse ser tudo o que foi.

Foi possível extrair aprendizados para aplica-los em sua vida profissional? Quais?
Sim, através do intercambio fui capaz de fazer contatos para futuras oportunidades de emprego e estudo no exterior.

(Foto: arquivo pessoal)


Sobre o cotidiano em outro país, com pessoas inicialmente desconhecidas, o que destaca como lições valiosas que pode aprender?
No Canada pude perceber que cada pessoa tem consciência de que cada gesto seu, por menor que seja, influencia na cidade e por isso as pessoas tentam fazer sempre o melhor, como por exemplo, manter sempre a cidade organizada.

(Foto: arquivo pessoal)

O que observa que mudou em você antes e depois da experiência? 
Agora eu tento ter mais consciência nas minhas ações no dia a dia e penso em como elas podem melhores a minha vida e também tento levar a diante a cortesia que aprendi em Vancouver.


Planeja repetir a aventura?
Com certeza! Quero conhecer o mundo todo e aprender o máximo que puder do povo local para tentar absorver o que eles tem de bom e trazer para minha vida.


Depois de um mês incrível como esse na cidade de Vancouver, como não querer repetir a dose dessa experiência, não é? E, para aqueles que ainda não foram, fica o conselho: não perca tempo, aproveite as oportunidades que o mundo te oferece e embarque em suas realizações!