..

7 de abr de 2018

#Embarquenomundo: Sete destinos econômicos para fazer intercâmbio

A vontade de fazer intercâmbio só aumenta, mas falta dinheiro? E se dissermos que é possível ajustar seu orçamento para alguns destinos internacionais que estão mais acessíveis do que nunca? Descobrimos alguns lugares incríveis onde você pode aprender um novo idioma sem gastar muito. Vamos lá?

CIDADE DO CABO

 
A Cidade do Cabo é perfeita pra quem gosta de esportes radicais, praias e muito contato com a natureza. Do alto da Table Mountain. O pôr do sol é digno de aplausos, o custo de vida é baixo. 

Com 1 real você compra quase 5 rands. Consegue comer e beber muito bem  por um preço bem acessível. Para morar e estudar, gasta-se três vezes menos do que gastaria se fosse para Europa, Austrália ou Estados Unidos. A cidade é ideal pra quem gosta de unir história e atividades ao ar livre e quer ter contato com um povo acolhedor e sorridente.


MALTA

Malta faz parte da Europa, mas é totalmente diferente de tudo o que você imagina quando pensa no Velho Continente. Em Malta você vai encontrar praias lindíssimas, parques, trilhas e belezas naturais únicas. Além disso, a cultura maltesa é vibrante, desde a culinária exótica às danças folclóricas, passando por festas religiosas e celebrações nas entradas das estações. Impossível não se apaixonar!

O inglês é um dos idiomas oficiais do país e as escolas são de ótima qualidade. Apesar de utilizar o euro como moeda, Malta é um destino mais barato porque o custo de vida lá é menor em comparação a outros países. Outro ponto importante que faz com seja um destino mais acessível é o fato de que a cidade é pequena e fácil de ser explorada. As distâncias podem ser percorridas a pé ou com transporte público.


VANCOUVER E TORONTO



Cosmopolita e encantador, o Canadá é conhecido pela diversidade de sua população, pela qualidade de suas escolas e pelas ótimas oportunidades profissionais que oferece. Não à toa, é um dos países mais procurados por quem deseja estudar e trabalhar no exterior.

Vancouver e Toronto são as cidades mais procuradas por estudantes brasileiros que desejam
fazer intercâmbio no exterior. Entre os principais fatores que fazem delas o destino número 1, está o preço, a segurança e a qualidade de vida.

O principal atrativo de Vancouver e Toronto – as cidades mais procuradas por estudantes Brasileiros – é o preço para estudar e morar, mais barato dos que a maioria das cidades norte - americanas e Inglaterra. E isto deve-se ao fato de que o dólar canadense tem valor mais baixo do que o dólar norte americano. Com 100 dólares norte-americano, por exemplo, compra-se cerca de 117 dólares canadenses (CA$).

Além do fator financeiro favorável, a cidade é conhecida por ter um moderno e eficiente sistema de transporte. O setor de segurança é outro fator de destaque e faz de Vancouver uma cidade com um dos menores índices de violência do mundo.


MONTREAL



Já pensou em fazer um intercâmbio em Montreal? A segunda maior cidade do país é atraente porque pode ser mais barata do que outras cidades canadenses, além de oferecer estudos em francês, língua oficial no país.

Localizada em Quebec, Montreal é multicultural, bonita e transborda arte. Em muitos aspectos lembra a Europa, incluindo o fato de ser bilíngue, tendo os idiomas inglês e francês como oficiais, o que acaba abrindo o leque de oportunidades para quem quer estudar. Além disso possui ótimas universidades. A província está entre as regiões com menor custo de vida no país, o que significa gastos moderados para os estrangeiros.


TORBAY 



Torbay é bastante famosa na região como um destino bastante popular para fazer turismo, sendo chamada de Riviera Inglesa. Motivos para isso não faltam, tais como: balneários, praias, seu clima ameno e outros pontos turísticos para lazer, cultural e histórico. Deste modo, se tornando a principal fonte receita da cidade. Além disso, ela é muito procurada por estudantes, principalmente da Europa, que vêm para a cidade para estudar inglês. Afinal, dentro da cidade e de seus subúrbios existem uma gama variada de escolas tradicionais e alternativas, onde é possível estudar gramática, sem dizer que ela possui uma faculdade. Com isso, podemos classifica-la como uma cidade com bastante presença de jovens.


FLORENÇA



A Itália tem aquele “calor humano”, típico dos povos latinos, que deixam os brasileiros, por exemplo, mais a vontade e, por isso, traz certo conforto para quem está longe de sua terra natal. Uma das questões que mais motiva uma pessoa a querer conhecer o país e toda a fonte histórica que ele possui é que o lugar é, simplesmente, berço de fatos que remontam a
sociedade europeia e a cultura não só do velho continente, como mundial.

A cidade reúne várias instituições conceituadas, entre elas está a Università degli Studi di Firenze, uma das universidades públicas mais antigas do país; Accademia d’ Arte, escola de artes que oferece cursos da área e de italiano; a European University Institute, universidade cujas aulas podem ser ministradas também em inglês; o Istituto Europeo de Design, uma das melhores instituições do mundo especializada em Moda, Design, Comunicação Visual e Empreendimento.

Comparado com a Espanha, estudar em Florença pode ser 50% mais barato, considerando um mesmo curso e carga horária de estudos. Florença também oferece atividade cultural intensa. Shows, carnaval, concertos e festivais para todos os gostos, o ano todo. 



Interessado em intercâmbio? Fale com a gente, e receba várias cotações e destinos e prepare-se para embarcar!