..

14 de out de 2019

Embarque na Euro: uma experiência inesquecível!


Que fazer intercâmbio é uma experiência sensacional, todo mundo sabe! Agora, imagina embarcar com mais 21 pessoas para a Europa por quase um mês inteiro? Passando por Portugal, Inglaterra e França, visitando lugares históricos e conhecendo pessoas do mundo todo em um curso de inglês em Londres. Maravilhoso, né?

Conversamos com a Cecília, que participou da 13° edição do Embarque na Euro. Ela nos contou sobre as histórias divertidas, como foi o convívio em sala de aula e muitos mais! Olha só:



“Viajar com uma galera é muito bom, a gente cria um laço muito especial com cada uma das pessoas com quem a gente viaja, e no final ninguém quer ir embora. O Embarque na Euro foi de fato o melhor verão da minha vida! Tive a oportunidade de conhecer pessoas incríveis de todos os lugares do mundo, com quem eu mantenho contato até hoje, além de conhecer suas culturas e costumes.”


“Nas horas livres nós gostávamos muito de passar o tempo juntos, seja fazendo piqueniques, tocando e cantando, comendo pizza (indo comprar pizza de pijama... KKKKK) era muito incrível a energia que aquela galera tinha. Nossa hospedagem foi maravilhosa, em todos os três países. Em Portugal, o nosso hotel era maravilhoso e tinha um restaurante no último andar onde várias pessoas famosas já tinham frequentado. Na França também foi muito bom, os quartos e o café da manhã eram divinos. Em Londres foi perfeito, era muito incrível ser ‘vizinha’ das meninas, isso facilitou bastante pra fazer várias resenhas haha :)”


“Um dos meus locais favoritos de toda a viagem foi Canterbury, pois além de ser um lugar muito bonito, eu provei um sorvete incrível e entramos em muitas lojas pra comprar besteiras, kkkkk.”

“Eu sinto que esse intercâmbio foi muito importante pra minha evolução na língua inglesa, falar com nativos e pessoas fluentes foi muito importante para que eu pudesse me adaptar à língua e desenvolver melhor a minha fluência no inglês, sem falar dos professores que eram super divertidos e atenciosos com a gente.”

“O embarque na Euro superou muito as minhas expectativas, principalmente no quesito organização e suporte. As nossas guias (Natasha e Mônica) foram maravilhosas com a gente em todos os aspectos, eram muito atenciosas, divertidas, elas foram muito mais que apenas guias pra mim, elas se tornaram minhas amigas, tenho absoluta certeza que aquela viagem não seria a mesma sem elas duas, elas ajudaram a tornar essa viagem INESQUECÍVEL ♥”

. . .


Embarque na Euro: Intercâmbio de verdade.
O embarque 2019 deixou muitas saudades!
Obrigada Cecília por compartilhar conosco um pouco da sua experiência!


21 de set de 2019

Lyon: Intercâmbio na França







Localizada na região dos Alpes e no meio do caminho entre Paris e Provence, você encontrará Lyon: a terceira maior cidade da França. O lugar tem mais de 2.000 anos de história e tudo isso está refletido na arquitetura, nas praças e monumentos. Com um charme arrumadinho e bem parisiense, suas ruas são limpas e largas mas balanceia tudo com um lado moderno super vívido, expresso em seus prédios de arquitetura futurista e cores vivas. Lyon é conhecida como a capital mundial da gastronomia. Dos mercados aos bouchons, pequenos restaurantes que servem comida típica da região. 

Imagina alguém pra falar um pouco da experiência de viver tudo isso de perto! A Martha hoje conta sobre o encontro direto com esta cidade mágica que é Lyon. A jovem passou algumas semanas na cidade, onde realizou um intercâmbio do idioma francês. Vamos embarcar com ela?




1. Que motivos impulsionaram vocês a realizar um intercâmbio?
Sempre senti vontade de me desconectar um pouco da minha realidade, ter novas experiências e me sentir mais independente! Acho que o intercâmbio proporciona tudo isso.

2. Por que escolheu este destino?

Porque eu já estudava francês antes, achei que seria bom para aprimorar o idioma.



3. Como foram as aulas e o aproveitamento do curso?
 Muito boas! Consegui desenvolver muito habilidades como: compreensão oral, escrita e interpretação de texto.


4. Como foi viver em meio a uma cultura e estilo de vida diferente do seu país de origem?
 Muito interessante, sempre tinha algum detalhe sobre a história daquela cultura pra aprender.


5. Quais características de cada cidade você achou marcantes?
A cidade era bem tranquila! Apesar de ser grande, era bem calma. As pessoas também eram super abertas aos estrangeiros.


6. Como o intercâmbio tem contribuído para o crescimento pessoal e profissional?
Tive que lidar com situações inesperadas estando sozinha, isso me fez amadurecer um pouco. Além disso, consegui atingir meu objetivo de melhorar no idioma, o que pode dar abertura pra um futuro intercâmbio de retorno!


Martha, agradecemos o seu depoimento e ficamos muito contentes com as suas experiências em Lyon.

Pessoal, já sabe, né? Na hora de escolher o destino de intercâmbio, conheça as vantagens da Embarque educacional.

                                          Embarque em Lyon! Embarque na França!

                                                               Embarque no mundo!
                                                                            ✈🌎



14 de set de 2019

Nova Zelândia: Curiosidades














Já sabemos que a Nova Zelândia é um destino perfeito para o seu intercâmbio, além de ser um dos destinos mais procurados por estudantes nos últimos anos. Hoje separamos hoje algumas curiosidades interessantes sobre o país.



- A primeira pessoa a escalar o Monte Everest foi o neozelandês Edmund Hillary.



- Dirigida por Peter Jackson, a trilogia O Senhor dos Anéis foi totalmente filmada na Nova Zelândia. Detalhe: Peter Jackson é neozelandês.



 - Menos de 5% da população da Nova Zelândia são humanos – o restante são animais. Este é um dos mais altos índices de animais para seres humanos no mundo.






- A maioria do país é livre de poluição.

- No país uma instalação que parece saída de um desenho animado chama atenção na paisagem de Kaipara, distrito da Nova Zelândia. Com forma que lembra a de uma folha de papel em queda, a escultura “Horizons”, assinada pelo artista Neil Dawson, está instalada na Gibbs Farm, propriedade privada que funciona como uma espécie de museu a céu aberto e abriga mais de 25 obras de arte.







- 30% do país é coberto por florestas naturais.



- Não existe cobras na Nova Zelândia. 


  
- Mesmo sendo quase do mesmo tamanho que o Japão, a NZ tem apenas mais de 4 milhões de habitantes, sendo um dos países menos populosos do mundo.



- Em nenhum lugar do país você vai estar a mais de 128km do mar.


- Existem mais ovelhas que pessoas por aqui. Cerca de 7 ovelhas para cada pessoa.



 - Em 1893, NZ foi o primeiro país do mundo a dar o direito às mulheres a votarem.





- A Nova Zelândia tem três línguas oficiais: Inglês, Maori e linguagem de sinais da Nova Zelândia.

 - Em 2013, NZ legalizou o casamento do mesmo sexo.





 - Lake Taupo foi formado por uma erupção vulcânica há 26.000 anos.


























Quer saber mais sobre oportunidades de intercâmbio na Nova Zelândia? Entre em contato com a gente. 
                                                 
                                                       Embarque na Nova Zelândia
                                                             Embarque no mundo! 
                                                                              ✈🌍
                                                  
                                                                      






11 de set de 2019

Intercâmbio + trabalho: conheça essa modalidade!




Você sabia que é possível realizar um intercâmbio e trabalhar durante ele?

Muita gente busca uma oportunidade de estudo e trabalho. Fazer um intercâmbio no exterior é uma experiência que não só traz benefícios profissionais, como também pessoais. Através da imersão em uma outra cultura, o estudante tem contato com um novo idioma, diferentes hábitos e costumes.




O intercâmbio que combina curso de inglês com a possibilidade de emprego remunerado no exterior é a oportunidade ideal para quem quer aperfeiçoar o idioma, ter a chance de morar em outro país e poder recuperar parte do investimento trabalhando. Veja abaixo alguns países que permitem que o estudante trabalhe meio período durante ou após as aulas. 


Irlanda

Estudantes de cursos de inglês com duração acima de 25 semanas podem trabalhar até 20 horas por semana durante as aulas e 40 horas semanais durante as férias, no país.

Malta

 Malta permite que alunos matriculados em cursos de inglês com duração maior que 90 dias trabalhem legalmente no país por até 20 horas semanais.

Austrália

Para trabalhar na Austrália, é necessário estar matriculado em um curso de inglês com duração acima de 14 semanas. O estudante obtém autorização para trabalhar no país por até 40 horas quinzenais no período das aulas e horas ilimitadas durante as férias do curso.

Nova Zelândia

Alunos matriculados em cursos com duração mínima de 14 semanas têm direito a trabalhar até 20 horas mensais no período das aulas e até 40 horas durante as férias. 

Lembrando que as regras de permissão de trabalho para estudantes estrangeiros podem variar de acordo com as leis de cada país. Já pensou no destino e em unir todas essas coisas tornando o seu intercâmbio muito melhor?


Embarque no mundo com a gente!

                                                                                   ✈🌎

31 de ago de 2019

Intercâmbio em família: Dublin e seus encantos




Já sabemos que Dublin é a escolha certa na hora de fazer um intercâmbio, a cidade mais amigável da Europa, que não perde a boa fama de ser animada e descontraída. Com essas e outras qualidades, sua cultura e beleza histórica fazem diferença na vida de cada um que escolhe viver intensamente tudo que a cidade proporciona. Por esse motivo, hoje trouxemos a Luciana pra falar um pouco da experiência de conhecer a cidade, ela viajou com sua família no mês de julho e fez questão de participar do nosso blog da semana. Vamos embarcar com ela e sua família?





1. Que motivos impulsionaram vocês a realizarem um intercâmbio?

Meu filho queria fazer um intercâmbio, primeiro pensei no Canadá, mas pesquisei na internet, procurei assistir os relatos de experiência de intercâmbio para vários países e os que foram fazer intercâmbio em Dublin disseram que tiveram ótimas experiências. Então desisti do Canadá, apesar de ser mais perto do Brasil, e resolvi ir para Dublin, na Irlanda.

2. Por que você escolheu este destino?

Nunca tinha ido para a Irlanda, e resolvi conhecer um país que eu nunca havia conhecido.




3. Como foram as aulas e o aproveitamento do curso?
Gostei muito do curso. Escolhi fazer um curso só no turno da manhã, para ficar com as tardes livres para conhecer e passear pela cidade. Interagindo com as pessoas no meio local. Não queria ficar ocupada nos dois turnos estudando inglês. Mas tem intercambista que escolhe ficar assistindo aulas de inglês nos turnos manhã e tarde. Só um turno também fica um pouco mais barato.


                                         


4. Fazer um intercâmbio sozinho é muito bom para se descobrir e sentir-se independente. Mas, viajar acompanhado é garantia de crescimento mútuo. Como foi pra vocês vivenciar isso?

Como éramos 3 membros da mesma família, com idades diferentes, meu filho, um adolescente de 16 anos, assistia aulas em uma turma própria para adolescentes, ficava apenas um quarteirão e meio da área destinada aos cursos de intercâmbio para adultos. Assim, eu e minha mãe de 71 anos estudávamos na The English Studio para adultos e o meu filho no YES (Young English Studio). Como meu filho era menor de idade, ele só saía do curso quando eu passava para pegá-lo. Mas tinham outros adolescentes que tinham a autorização dos pais para sairem sozinhos. Mas... Como eu só tenho um filho e sou bem preocupada com ele, pedi para que ele só saísse do Young English Studio quando eu fosse pegá-lo. Minha aula acabava 15 minutos depois da dele. E a aula dele começava 15 minutos antes da minha. Assim, eu ia com uma mãe suíça que também estudava no outro prédio. E sempre nos encontrávamos quando íamos deixar e pegar nossos filhos. Meu filho ficou amigo da adolescente suíça, mas na triagem meu filho ficou na turma de inglês mais avançada e a adolescente ficou na turma básica. Mas isso também é bom. Porque todos se conhecem na prova de avaliação para que cada aluno fique na aula que lhe é útil. Gostei dos critérios de avaliação para a triagem dos alunos no curso de intercâmbio. Eles me colocaram em uma turma de grau intermediário com minha mãe, e ela conseguiu acompanhar, ficaram muito felizes com a presença dela. A tratavam como mãe, pois muitos dos estudantes ficam com saudades de suas mães. E no final do curso todos agradeceram a oportunidade de terem convivido com minha mãe. Teve até uma confraternização de despedida no nosso último dia de aula. Todos foram muito gentis e afetuosos. Na verdade, os irlandeses são amorecos. São muito educados, atenciosos, alegres e pacientes. Outro ponto bom para Dublin é que eles gostam dos brasileiros e somos muito bem tratados por lá.



5. Como foi viver meio a uma cultura e estilo de vida diferente do seu país de origem?
Eu adorei. Valeu muito a pena. E já estou juntando dinheiro para fazer outro curso de intercâmbio para minhas próximas férias no mês de julho do próximo ano. Porque em julho é verão, os cursos de intercâmbio no período de verão são mais caros por conta da alta estação, mas vale muito a pena. Porque prefiro viajar no verão do que no inverno. Eu não sou muito fã de neve.












6. Quais características de cada cidade vocês acharam mais marcante?

Nesse intercâmbio eu aproveitei para conhecer além de Dublin - Irlanda, conheci a Irlanda do Norte que faz parte do Reino Unido, mas detalhe, apesar de ser um país vizinho, a Irlanda do Norte não usa Euro e sim outra moeda, o que complica um pouco. Outro país que conheci foi Portugal, porque quando comprei minha passagem pela TAP pude pagar pelo mesmo preço e ficar 3 dias em Lisboa. Eu apenas tive o cuidado de pagar 3 hospedagens em um hotel em Lisboa. A TAP também faz escala em Amsterdã, eu poderia ter escolhido Amsterdã, mas meu filho preferiu conhecer Lisboa. Fomos para lá depois que finalizamos o curso de intercâmbio. Assim, nossa viagem de volta foi menos cansativa do que a da ida. Porém meu filho ficava comparando o tempo todo Lisboa com Dublin. E ficava repetindo que gostou muito, mas muito mais de Dublin do que de Lisboa. E eu também. Gostei muito mais de Dublin do que de Lisboa. Com relação a Irlanda do Norte, caso queiram passear por lá é bom pagar um pacote com um guia que entenda da história, dos conflitos entre os católicos e protestantes, que explique as lendas desses povos, que relate a importância dos vikings, etc. Creio que essa viagem cultural fica muito melhor assim. Nosso guia foi maravilhoso. Compramos o pacote para a Irlanda do Norte na própria The English Studio. Eles têm um ótimo acolhimento ao aluno, se o aluno quiser passear, se divertir, estudar coisas diferentes eles possuem aulas extras que você não paga a mais por elas. Tem até aula de Yoga. Caso os alunos queriam fazer um intercâmbio de mais tempo e precisarem trabalhar, eles ajudam na procura de emprego. Dão dicas excelentes. Também em Dublin, fuja de táxi e de carros de aplicativos, são muito caros. O certo é pagar um LIP CARD e andar de ônibus. Tem também o LUAS que é tipo um bonde sofisticado, que você pode usar para ir em qualquer lugar mais longe. Outra dica é comprar passeios nos ônibus verdinhos de turismo. Em dois dias é possível se conhecer vários pontos turísticos.

7. Como o intercâmbio tem contribuído para o crescimento pessoal e profissional?
Todo tipo de intercâmbio lhe traz ótimas experiências. Ótimas idéias transformadoras. Que podemos utilizar em nossas vidas. Mas cada um tem sua vivência e poderá utilizar as experiências vividas no intercâmbio em suas vidas.



















Deu pra ver como essa experiência só acrescentou na vida dessas 3 pessoas, né? Mais que uma realização pessoal tudo que foi vivido em Dublin vai render muitas histórias e lembranças. 
        

  Faça como a Aline e família! 
Embarque na Irlanda, embarque em Dublin
      Embarque no mundo! ✈🌍




23 de ago de 2019

Dicas: Fazendo amizades durante o intercâmbio










Quem não sente um friozinho na barriga ao se imaginar sozinho em um local desconhecido? Imagina em lugar em que vai estar falantes de línguas diversas! Dos tímidos aos extrovertidos. Se você se considera uma pessoa mais introspectiva e tem aquela leve vergonha de falar, se manifestar, evita fotos e outras coisas, o post de hoje é pra você! Mas fica tranquilo! Isso não é nenhum problema mas sim a sua maneira de ser. Por isso, hoje nós separamos algumas dicas que vão te ajudar na hora de fazer o seu intercâmbio:

Tenha iniciativa

Ao chegar no destino de intercâmbio, a primeira coisa a ser feita é tentar se enturmar. Para isso, muitas vezes, será preciso puxar papos aleatórios, “se convidar” para os programas ou grudar em alguém que lhe pareça legal. 

Puxe assunto com desconhecidos

Não tenha medo de iniciar uma conversa por mais desnecessária que pareça. Pode ser sobre qualquer coisa: clima, preços, escola, viagens. Pedir informações é uma ótima estratégia para mostrar que você é novo por ali.

Saia mais
Faça um esforço, pelo menos nos primeiros dias, e participe dos programas: bares, baladas, esportes, jantares... Mesmo que você seja do tipo mais caseiro(a). Essas são situações perfeitas para dar risadas e fazer amizades. 

Entenda que você não está sozinho

Você não é o único que está em um local desconhecido, em busca de amizades. Ali, todos os intercambistas estão longe de casa, da família, dos amigos e estão passando por coisas parecidas.

Não tenha medo de errar no idioma
Ficar envergonhado no início é normal, mas se esforce para, aos poucos, ir “soltando a língua”. Não tenha medo de cometer erros ou até mesmo de usar mímica, se for preciso. Quando dois querem, a conversa dá um jeito de sair!

Se esforce hoje para não se arrepender amanhã

Fazer amigos durante o intercâmbio é um dos maiores legados de toda a experiência. Quando bater preguiça ou receio de conversar com desconhecidos, pense quão bom será, no futuro, manter contato com gente de outros lugares do mundo. Fortaleça os laços com pessoas bacanas e não deixe essa oportunidade passar.


Deu vontade de sair por aí fazendo novas amizades? Claro né! Inicie essa jornada e busque as vantagens da Embarque Educacional e prepare-se para expandir o seu ciclo de amizades! 

Embarque no mundo!
✈🌎

15 de ago de 2019

Irlanda: Intercâmbio em Dublin









Trevos, Guinness, St. Patrick’s Day… já sabe do que se trata o nosso blog de hoje? Acertou quem chutou Irlanda, mais especificamente, Dublin, a sua capital. Vibrante, divertida, a cidade é um destino super procurado para quem quer fazer intercâmbio, seja pela sua facilidade na obtenção de visto de trabalho e estudo, como também por ser um lugar que respira cultura.

Geograficamente, Dublin tem uma perfeita localização. Ao mesmo tempo em que se situa em uma região costeira, é cercada por montanhas. Além disso, fica a menos de uma hora de Londres e cerca de 1h30 de avião de Paris. Ou seja, mesmo sendo em uma ilha, fica próxima o suficiente da Europa Continental. 

A cidade foi eleita "a cidade mais amigável da Europa" por diversas revistas e sites especializados em turismo e intercâmbio. Com passado viking, construções medievais e uma vocação literária invejável – da cidade saíram três dos quatro prêmios Nobel de literatura do país, Dublin é moderna mas ao mesmo tempo bastante histórica, musical e animada. Se você curte igrejas medievais, vai se deslumbrar com este cenário! 



Outro ponto interessante é perceber que o nome das ruas são escritos em inglês e em gaélico, língua nativa na Ilha da Irlanda. 

O país é o destino certo para quem quer mergulhar em uma cultura beeeem diferente. A dança típica, o humor (também) e a simpatia dos irlandeses atraem turistas do mundo inteiro. Ah! Pra quem curte cerveja, Dublin é mais do que um atrativo. A cidade possui pubs espalhados por toda a cidade e o museu da Guiness, a cerveja irlandesa que tanto orgulha os nativos da Ilha da Esmeralda.  
Ficou curioso para fazer um curso de inglês ou mestrado lá? Então entre em contato com a gente e comece a planejar o intercâmbio dos seus sonhos!

                                                         

                                                               Embarque no Mundo!
                                                                             ✈🌍
                                                          
                                                                         



9 de ago de 2019

Embarque na Euro 2019: últimos momentos e hora de voltar pra casa ...



Nem parece que chegou ao fim, mas olha quanta coisa a gente já fez e viveu por aqui, não é? Aproveitamos os últimos dias ao máximo e trouxemos um pouco do que rolou na última semana do nosso programa.

Dia 18




Neste dia, fomos conhecer o mais importante rio da Inglaterra e às margens dele fizemos o nosso passeio, fomos ao rio Tâmisa.



Após a aula, participamos de um cruzeiro pelo rio e vimos bem de pertinho (e por outra ótica) grandes atrações de Londres.


Um cruzeiro pelo rio Tâmisa é uma das melhores maneiras de ver Londres, serpenteando pelo coração da cidade, passando por muitas de suas atrações mais famosas. 


Nos fizemos também algumas  atividades como jogos e esportes.


Dia 19


Ultimo dia de aula na Queen Mary University of London! Nos despedimos do corpo de professores e de nossos colegas de turma que vieram do mundo inteiro.


Mas nada de tristeza, só temos a agradecer por toda a experiência e aprendizado! Enquanto não chega a hora de embarcarmos para o BR, seguimos com nossa programação.



Pela tarde a gente foi até Notting Hill, localizado na região Sudoeste de Londres. 


Se você é um dos que amaram o filme de mesmo nome e tem vontade de saber onde foram filmadas algumas das cenas deste clássico da comédia romântica, chegou no lugar certo




O filme traz o romance entre um dono de uma livraria, William Thacker vivido pelo ator Hugh Grant, e uma atriz superstar americana, Anna Scott, interpretada por Julia Roberts. 


Mais tarde fomos para cerimônia de entrega dos nossos certificados seguida de muita festa,




Assim sextamos na Inglaterra! Let’s dance!



Dia 20 (último dia)


      No nosso último dia, fomos conhecer a cidade de Oxford!


Oxford é conhecida como cidade das “spires“, que são as pontas afiladas das torres de igrejas e outros prédios, trazendo um ar romântico para a cidade.


Visitar a cidade significa entrar em vários cenários de filmes.








Depois do bate e volta em Oxford, curtimos um momento só nosso no qual fizemos um piquenique e aproveitamos nossas últimas horas em Londres. 




 Passou tão rápido! Mas dizem que quando estamos felizes, o tempo voa! Somos muito gratos por termos sido tão bem recebidos por esses 3 países (Portugal, Inglaterra e França) e o saldo disso tudo? Positivo, claro! Lisboa, Londres e Paris vão deixar saudades! 💜

Agora é hora de fazer as malas e voltar para o BR, hora de correr pra abraçar os nossos familiares. 



Até ano que vem! Fiquem lidados no nossa instagram: @embarquenomundo_
e aguardem as novidades!


      #EmbarqueNaEuro

       Embarque no mundo!
 ✈🌎