..

17 de nov de 2017

Embarque na Euro: lembranças incríveis sem prazo de validade

A divulgação para a 12º Embarque na Euro em Julho de 2018 já começou e está a todo vapor, mas só pra lembrar: aproveite pra garantir logo a sua vaga nessa super viagem de 25 dias com uma turma de 12 a 17 anos por três países incríveis, Portugal, Inglaterra e França, com parada em Londres para um curso de inglês!

Ah, e falando em lembrança, hoje a gente vai viajar para o ano de 2008 para lembrar como foi a participação do Aníbal Martins no 2º Embarque na Euro*! Até porque, já sabe, né?! Uma viagem assim não sai mais da memória e marca uma vida toda!

Olha só o que o Aníbal contou pra gente!

Aníbal em Londres (Foto: arquivo pessoal)

 De que edição participou? Em que ano?
Edição de 2008.

Como foi o convívio em sala de aula, durante o curso?
O convívio foi muito proveitoso. A minha professora, Ewka Trojanowska, era londrina, filha de imigrantes poloneses. No fim do curso, fizemos um pequeno curta-metragem de um filme de terror, no qual eu era o único que sobrevivia. Foi divertidíssimo. 

Museu de História Natural de Londres (Foto: arquivo pessoal)
Conheceu pessoas de outras nacionalidades? Se sim, quais?
Sim. Muitas. Alguns foram o Robert, da Alemanha. Neva e Alan, da Croácia. Elin, da Suécia. Antonia, da Alemanha. Machiara, da Itália. Mitra, da Croácia. Polina e Oksana, da Ucrânia. Mohammad, da Turquia. Ainda mantenho contato com alguns! :)

Quais os passeios que mais gostou em cada país? Por que?
Greenwich, em Londres, foi um dos meus favoritos. Visitar Liverpool, o Museu dos Beatles, também foi muito interessante. Na França, o dia que passamos na EuroDisney foi muito divertido.

Que características de cada cidade achou mais marcantes?
Londres é uma cidade muito diversa. Tem tudo para todos os gostos. É uma cidade que abraça as diferenças. Paris também é um lugar cosmopolita, mas a atmosfera é mais charmosa e conserva aquele ar da Belle Époque em suas ruas e prédios. 

Camden Lock, famoso mercado de rua de Londres (Foto: arquivo pessoal)

Como avalia a sua evolução no aprendizado do idioma, ao concluir o intercâmbio?

Quando viajei, eu já tinha um bom nível de inglês. Estar em Londres, rodeado de pessoas de outros países que tinham que utilizar o inglês para se comunicar me fez avançar principalmente na linguagem informal, que é a mais utilizada no cotidiano. A gramática é importante, mas as gírias, as expressões idiomáticas também são. Esse tipo de coisa só se aprende na prática. Ninguém é fluente em inglês sabendo utilizar só a norma culta. 

Quais foram as maiores lições que absorveu com essa experiência?
Valorizar e aproveitar cada segundo de cada momento. Conversar com pessoas de outros lugares, com outras vivências, é a melhor forma de crescer e abrir a cabeça para o mundo.

Aníbal Martins (Foto: arquivo pessoal)

Do que sente mais saudade?
Há diversas lembranças especiais, mas eu lembro muito do perfume de Londres, que permeava ruas e parques. É difícil explicar. Desde que fui a primeira vez, já retornei e não já não senti mais esse cheiro. O que me leva a crer que o que senti, na verdade, tinha muito mais a ver com a situação - minha primeira viagem ao exterior - e o meu estado de espírito. É uma oportunidade única na vida de qualquer adolescente. Também fiz amizades que trago comigo até hoje! 
 . . .

É, fica difícil resumir em algumas linhas tudo o que a Embarque na Euro representa, mas já deu pra perceber que vale à pena se jogar nessa aventura! O Aníbal conheceu três países e um pouquinho da Alemanha, Croácia, Suécia, Itália, Ucrânia e Turquia com as novas amizades. Sem dúvidas, são presentes que valem a vida toda.

Conhecer um mundo novo, lugares novos e pessoas incríveis não tem preço. Vamos com a gente em julho de 2018?!


. . .


# Quer ler mais depoimentos sobre a Embarque na Euro?



. . .


* Antes, a Embarque na Euro se chamava Programa de Férias. Dessa forma, o Aníbal Martins participou da 2ª edição do Programa de Férias, em 2008.