..

11 de set de 2019

Intercâmbio + trabalho: conheça essa modalidade!




Você sabia que é possível realizar um intercâmbio e trabalhar durante ele?

Muita gente busca uma oportunidade de estudo e trabalho. Fazer um intercâmbio no exterior é uma experiência que não só traz benefícios profissionais, como também pessoais. Através da imersão em uma outra cultura, o estudante tem contato com um novo idioma, diferentes hábitos e costumes.




O intercâmbio que combina curso de inglês com a possibilidade de emprego remunerado no exterior é a oportunidade ideal para quem quer aperfeiçoar o idioma, ter a chance de morar em outro país e poder recuperar parte do investimento trabalhando. Veja abaixo alguns países que permitem que o estudante trabalhe meio período durante ou após as aulas. 


Irlanda

Estudantes de cursos de inglês com duração acima de 25 semanas podem trabalhar até 20 horas por semana durante as aulas e 40 horas semanais durante as férias, no país.

Malta

 Malta permite que alunos matriculados em cursos de inglês com duração maior que 90 dias trabalhem legalmente no país por até 20 horas semanais.

Austrália

Para trabalhar na Austrália, é necessário estar matriculado em um curso de inglês com duração acima de 14 semanas. O estudante obtém autorização para trabalhar no país por até 40 horas quinzenais no período das aulas e horas ilimitadas durante as férias do curso.

Nova Zelândia

Alunos matriculados em cursos com duração mínima de 14 semanas têm direito a trabalhar até 20 horas mensais no período das aulas e até 40 horas durante as férias. 

Lembrando que as regras de permissão de trabalho para estudantes estrangeiros podem variar de acordo com as leis de cada país. Já pensou no destino e em unir todas essas coisas tornando o seu intercâmbio muito melhor?


Embarque no mundo com a gente!

                                                                                   ✈🌎