..

3 de mar de 2017

Londres: perfeita para todos os intercâmbios

A linda Londres está na lista das cidades queridinhas pelos intercambistas de todos os países, idades e tipos diferenciados de interesses. Big Ben, London Eye, Tower Bridge, Palácio de Westminster... Aaaahhhhh, Londres, como não suspirar apaixonado por você?! A grande busca pelo local faz com que existam escolas com vários objetivos e públicos. A Kaplan Leicester Square, por exemplo, é especializada em acolher estudantes maiores de 25 anos atraídos por uma experiência mais madura, profissional, focada no âmbito acadêmico e de negócios.

Kaplan está localizada em um pedaço super intenso de Londres, com muitas lojas, restaurantes, cinemas e teatros. Normalmente aproveitados no pós-aula, esses passeios são o descanso merecido para quem tem o verbo viajar como forma de pôr o estudo ou o trabalho como prioridade, conhecendo um ponto turístico aqui e já pensando no próximo passo da carreira. Siara e Nazareno embarcaram em mais uma aventura em suas vidas, tanto como profissionais e estudantes, quanto como um casal! O resultado não podia ser melhor e a sensação ao chegar em casa, aqui no Brasil, é de já querer planejar o próximo voo. Enquanto esse dia não chega, você fica sabendo um pouquinho mais a respeito do que eles viveram nessas 04 semanas muito especiais!

Visita ao Albert Museum
(Foto: Arquivo Pessoal)
Como nasceu a ideia de realizar um intercâmbio juntos?
“Em primeiro lugar, sempre viajamos juntos. A ideia do intercâmbio foi agregar "o útil ao agradável". Dessa forma, nossa intenção foi investir no idioma (inglês), dentro de um contexto extremamente favorável, que é a cidade de Londres.”

Vocês fizeram o programa General English na Kaplan Leicester Square, em Londres, que é um intercâmbio para adultos. Como foi viver essa experiência nessa fase da vida? Foi a época ideal?
“Foi uma experiência muito agradável, que superou nossa expectativa. A escolha da escola já foi um referencial, tanto pela sua localização, mas principalmente pela sua proposta de atender adultos, a partir de 25 anos. Vivenciar o 'papel de aluno', ainda os dois na mesma classe, foi e será inesquecível, facilitando o estudo e a realização das tarefas pós-aula. Por outro lado, além de todo esse aprendizado, você ainda tem a oportunidade de compartilhar essa vivência com pessoas de diversas origens como Turquia, Itália, Japão, Rússia, Alemanha, etc. Penso que, em nossa fase de vida, não existe 'o tempo certo', mas sim a disponibilidade e a cumplicidade para você 'abraçar' a proposta e entrar de corpo e alma.”

Saída na quarta-feira para o Pub (Foto: Arquivo Pessoal)
Que aspectos vocês levaram em conta ao escolher o local do intercâmbio e a escola de idiomas?
“Como foi dito, anteriormente, a proposta da escola em atender adultos com mais de 25 anos já proporciona uma didática diferente e um grupo (no caso, éramos 15 alunos), mais coeso, mais dinâmico. A localização da escola também é muito favorável, tanto no sentido de proximidade de pontos turísticos, como também próxima à estação de metrô. Além disso, a Escola tem a preocupação de oferecer oportunidades sociais, como venda de ingressos à shows, teatros, organizar viagens no final de semana e, toda quarta-feira reunir os alunos a partir da 18 horas,  para se reunir em um 'Pub'.”

Final de tarde, próximo à National Gallery
 (Foto: Arquivo Pessoal)

Quais foram as primeiras impressões e sentimentos ao chegar em Londres? E no decorrer do curso?
“Desde o início nosso sentimento em relação à cidade sempre foi muito positivo. À medida que você vai se organizando e se adaptando à rotina, tudo vai ficando mais atraente ainda... o respeito, a civilidade, a limpeza, pontualidade. Como sugestão, quando se tem a intenção de permanecer por mais tempo na cidade, é interessante adquirir o oyster. Que é o cartão que viabiliza sua locomoção na cidade, através do metrô, ônibus e alguns barcos. Você pode adquirir em qualquer estação do metrô, condizente com o número de dias de sua permanência e no final, se tiver interesse, ainda pode devolvê-lo em qualquer estação e receber cinco libras de volta.”

Como a companhia um do outro contribuiu para o sucesso do intercâmbio?
“O sucesso depende da sua disponibilidade em aprender, assim como da maneira como você investe (planejamento). Nosso foco foi o intercâmbio, mas não nos impediu de conhecer lugares interessantes, museus ou, de simplesmente caminhar. Enfim, tudo depende da maneira de como você se organiza e prioriza suas atividades de cada dia. Portanto, a nossa cumplicidade e a maneira como organizávamos nossa rotina, contribuiu para que não só pudéssemos aproveitar o estudo como também conhecer Londres, no seu dia a dia.”

Como avaliam a evolução no domínio da língua inglesa depois da conclusão do intercâmbio?
“Essa oportunidade do intercâmbio contribuiu muito em nosso aprendizado. Além do que, ao encerrarmos nosso contrato, foi possível adquirir um pacote de acesso ao conteúdo do curso, para darmos continuidade à prática do idioma. Sempre que você se propõe a estudar/aprender algo, você está acrescentado o seu aprendizado. Portanto, apesar do pouco tempo (04 semanas), mas o suficiente para nos motivar a pensar já, em uma próxima oportunidade. Valeu muito a pena!!!”

"Nossa despedida da escola, com duas colaboradoras maravilhosas! Aliás, todos foram maravilhosos. Cada um na sua função, dão um super suporte", conta Siara Brito, à esquerda na imagem (Foto: Arquivo Pessoal)
Quando estiver planejando o seu intercâmbio, é válido pensar em algo que você sempre fez ao viajar e que sempre fez tudo parecer melhor ainda, como a companhia perfeita, por exemplo. Nunca pense que já é tarde demais para realizar sonhos, para se especializar, aprender, crescer. Todo dia é dia para tentar ser maior, e se for abraçando o mundo, então?! A hora certa para embarcar é qualquer hora que você quiser!