..

24 de mar de 2017

“Gute Fahrt!” – em alemão, boa viagem de intercâmbio para você

Se permitir e se desafiar a aprender um novo idioma é, por consequência, abrir os braços para novas pessoas, culturas e formas de ver, sentir e sorrir para o mundo. Principalmente porque, ao viajar para a Europa, o mais comum é encontrar com pessoas de países completamente diferentes, ou seja, é possível ser brasileiro e estar em uma sala de aula em Berlim praticando alemão com outras cinco pessoas de línguas, costumes e tradições distintas, por exemplo. E, independentemente de onde você vier, alguns fatores são inevitáveis: quando você terminar o seu intercâmbio, você vai ser tanto mais forte e maduro, quanto mais sensível e empático; e quando você chegar ao seu país de origem, vai agradecer por cada vivência e querer embarcar novamente.

“Gute fahrt” é uma maneira de dizer “boa viagem” em alemão, e o alemão é um idioma que costuma causar um misto de surpresa e admiração aos brasileiros que o dominam. Dentro da União Europeia, o “deutsch” (alemão) é a língua mais falada e, além disso, ele é o segundo dialeto mais utilizado em publicações científicas, sendo super necessário especialmente para engenheiros.

A Alemanha transmite muita história e uma capacidade incrível de se reinventar. Berlim, a capital, mudou e continua mudando. Hoje, a guerra e os sentimentos que ela representou foram substituídos por memórias, através de monumentos e pontos turísticos como o trecho remanescente do Muro de Berlim chamado de “East Side Gallery”, que fica ao longo do rio Spree com pinturas de artistas de diversas partes do mundo que expressam os acontecimentos políticos ligados ao muro.


East Side Gallery (Foto: Iolab/Shutterstock)


A cidade vibra arte, vida e gente! Se é um amante de museus, fique logo sabendo que lá existem 138 e que as coleções mais famosas são instaladas na chamada “Ilha de Museus”. E se você achou 138 muito, respire fundo – a capital possui mais de 400 galerias de arte.

O mais fantástico de fazer intercâmbio em um lugar incrível e bem localizado como este é que até as escolas são pontos turísticos de tão bonitas. A escola de idiomas Eurocentres Berlim, por exemplo, fica em um prédio histórico antigo e muito bem conservado, a poucos minutos a pé de Potsdamer Platz, uma área com prédios modernos e arrojados, um centro de lazer com salas de cinema, restaurantes e bares. Outra atração (fundamental) da escola são os professores, que se empenham para garantir que você volte para casa falando bem alemão.

Com um pouco de organização, dá para conciliar os estudos com os passeios. Aos finais de semana você pode aproveitar o fato de a Alemanha fazer fronteira com 07 países (França, Áustria, República Tcheca, Polônia, Dinamarca, Holanda e Bélgica) e conhecer um pouco de cada. O deslocamento é relativamente rápido e barato.

Se explorar o máximo de locais possíveis fizer parte dos seus objetivos, planejamento é fundamental. Por isso, procurar com antecedência pelas atrações que mais o instigam, de preferência as gratuitas ou baratinhas, faz toda a diferença. Como a Embarque está aqui para ajudar, confira agora alguns passeios que valem (e muito!) a pena explorar em Berlim:







Esses são apenas alguns dos principais pontos turísticos e características do universo pulsante que é Berlim. E o melhor de ser intercambista é justamente conhecer como a vida daquele local é de fato. Tornando-se parte da cidade, saindo da condição de visitante, é possível conhecer, experimentar e vivenciar incontáveis pontos de vista. Assim, sem dúvidas, ao chegar a hora de voltar, a vontade vai ser ficar mais tempo. Preparados? Gute fahrt!