..

5 de abr. de 2021

Roteiro Balcãs: conheça a história incrível de uma das mais belas regiões do mundo


Se você ama história, cultura e viagens, os Balcãs são o destino perfeito. Sabe onde se encontra? A península balcânica é designada uma região histórica e geográfica no sudeste europeu, englobando países como a Albânia, Bulgária e a antiga Iugoslávia, hoje dividida em Bósnia e Herzegovina, Macedônia do Norte, Sérvia, Montenegro, além de outros.

A região foi a primeira da Europa a ver a chegada das culturas agrícolas, na era neolítica. Indícios arqueológicos apontam que o homem habita os Balcãs desde o ano 200.000 a.C. A região pertenceu a vários povos, como persas, gregos, romanos, bizantinos e otomanos, o que garante um visual ímpar.


Povos como sérvios, búlgaros e magiares também conseguiram estabelecer pequenos impérios na região, contudo, não contiveram o avanço do Império Otomano, que estenderam seu império à região na segunda metade do século XIV. E foi o império Otomano que deixou a maior marca no povo balcânico, com sua expansão e queda.

Outro marco histórico na região foi a Segunda Guerra Mundial, com países balcânicos mudando os cursos da guerra ao lutarem contra o Eixo, dando um passo decisivo para os Aliados. Fazer turismo pela península não significa mais tirar selfies diante de tanques de guerra ou comprar lembrancinhas do tipo canetas feitas com projéteis. Não se trata apenas de testemunhar a história recente da Península Balcânica, mas visitar um dos destinos mais vibrantes e multifacetados da Europa Oriental.


Para perceber esta região e viver plenamente o que tem para oferecer, é incontornável entrar na sua história: só assim teremos, numa mesma cidade, uma igreja católica, uma igreja ortodoxa, uma mesquita e ainda uma sinagoga. Esta e outras curiosidades são fruto da confluência de grandes impérios, civilizações, povos, religiões e línguas diferentes. Um autêntico caldeirão de nações!

#EmbarqueNoMundo

26 de fev. de 2021

Intercâmbio: quais países já estão com as fronteiras abertas (23/02/21)

 


Posição dos países para liberação de estudantes internacionais (atualizado em 23 de fevereiro de 2021).


Canadá:

Quarentena obrigatória de 14 dias. Tem que ter o Study Permit e apresentar documentação que comprove que a viagem é essencial.

É obrigatório:
 • Apresentar um teste de PCR negativo efetuado nas 72 horas anteriores à sua partida para a entrada no país;
• Realizar o curso com uma DLI (Designated Learning Institution) com um plano aprovado de COVID-19 pela província ou território;
• Usar o ArriveCAN antes de fazer o check-in no aeroporto para enviar suas informações de contato, plano de quarentena e autoavaliação de sintomas COVID-19. 


África do Sul:

Necessário apresentar a prova de um teste de PCR negativo para o COVID-19, efetuado nas 72 horas anteriores à sua partida. Caso não apresente, será obrigatório uma quarentena de 14 dias. Obrigatório baixar o aplicativo COVID Alert South Africa e preencher o questionário de saúde de viagem antes da partida.


França:

Necessário apresentar a prova de um teste de PCR negativo para o COVID-19, efetuado nas 72 horas anteriores à sua partida e preencher uma Declaração de Saúde do Viajante.

Até 90 dias não é necessário um visto. Passageiros devem fazer quarentena obrigatória de 7 dias ao chegar na França e fazer um teste PCR no fim do sétimo dia de quarentena.

Consulado da França em SP: Iniciou a retomada gradual de suas atividades em 03 de agosto, as solicitações são feitas apenas com agendamento prévio. Em caso de dúvidas em relação aos vistos, enviar e-mail para: visas.sao-paulo-cslt@diplomatie.gouv.fr .


Espanha:

Necessário apresentar a prova de um teste de PCR negativo para o COVID-19, efetuado nas 72 horas anteriores à sua partida e realizar quarentena obrigatória de 10 dias (ou 7 dias se apresentar um PCR negativo).


Chile:

Liberada a entrada pelo aeroporto de Santiago, imprescindível ter a mão os seguintes documentos: 

• Formulário eletrônico de Declaração de Viajante preenchido 48 horas antes do embarque;

• Prova de resultado negativo de resultado de PCR de teste feito 72 horas antes da partida;

• Comprovante de apólice de seguro saúde que forneça cobertura para COVID-19 e problemas de saúde relacionados durante a estada do viajante no Chile.

É obrigatório realizar uma quarentena de 10 dias.


Portugal:

Necessário ter visto de estudante e apresentar a prova de um teste de PCR negativo para o COVID-19, efetuado nas 72 horas anteriores à sua partida. Obrigatório preencher formulário. Consulado de Portugal em SP: Está realizando as solicitações com agendamento prévio. 


Emirados Árabes:

Necessário ter atestado negativo de teste de PCR, que deve ter sido realizado até no máximo 96 horas antes do horário de partida. Passageiros que chegaram em Dubai a partir do Brasil deverão fazer outro teste de PCR na chegada no aeroporto internacional de Dubai.



Fonte: Associação Brasileira de Agências de Intercâmbio, BELTA

17 de fev. de 2021

Pensando em viajar? Conheça países que dispensam o visto de entrada para brasileiros


Você que ama viajar já deve ter parado para pensar se aquele país dos sonhos exige visto. Sabia que mais de 100 países não precisam do documento para a entrada de brasileiros?

É isso mesmo, apenas com seu passaporte você tem acesso a uma infinidade de países mundo afora. Listamos os principais destinos e qual sua exigência - mas, qualquer dúvida, é só entrar em contato com o consulado.



América do Sul

Todos os países sul-americanos são abertos livremente para brasileiros, com a exceção da Guiana Francesa. O período de permanência sem o documento vai de 30 dias (na Bolívia) até 180 dias (na Colômbia).


América Central

Todos os países da América Central estão abertos para brasileiros. O período de permanência sem o documento vai de 30 dias (em Honduras) até 180 dias (em Barbados e Antígua e Barbuda).


América do Norte

O único país da América do Norte que não exige visto para brasileiros é o México, com estadia de até 90 dias.


África

Seis países africanos não exigem vistos brasileiros, todos os estadia de até 90 dias:


• África do Sul 

• Botsuana

• Marrocos

• Namíbia

• Ilhas Seychelles

• Tunísia


Europa

Vários países europeus dispensam o visto para a entrada de brasileiros. Porém, há uma rigorosa checagem de documentos para a chegada e todos os países permitem a estadia por até 90 dias, a cada 180 dias. Alguns países:


• Alemanha

• Áustria

• Bélgica

• Bulgária

• Espanha

• França

• Grécia

• Holanda

• Irlanda

• Polônia

• Portugal

• Reino Unido

• Suécia

• Turquia


Ásia

Há destinos incríveis na Ásia que facilitam o turismo com a dispensa do visto. O tempo de estadia sem o documento varia de 30 até 90 dias. Alguns países:


• Coreia do Sul

• Emirados Árabes Unidos

• Filipinas

• Hong Kong

• Indonésia

• Ilhas Maldivas

• Israel

• Rússia


Oceania

O outro lado do mundo guarda paisagens inacreditáveis, e alguns de seus países facilitam a entrada, que possui variação de estadia que vai de 30 a 90 dias. Alguns países:


• Fiji

• Nova Zelândia

• Micronésia


5 de fev. de 2021

Intercâmbio: quais países já estão com as fronteiras abertas (03/02/21)


Posição dos países para liberação de estudantes internacionais (atualizado em 03 de fevereiro de 2021).


Canadá:

Quarentena obrigatória de 14 dias.

Tem que ter o study permit e apresentar documentação que comprove que a viagem é essencial.

É obrigatório realizar o curso com uma DLI (Designated Learning Institution) com um plano aprovado de COVID-19 pela província ou território. A partir de 21 de novembro é obrigatório usar o ArriveCAN antes de fazer o check-in no aeroporto para enviar suas informações de contato, plano de quarentena e autoavaliação de sintomas COVID-19. Em 07 de janeiro se torna obrigatório apresentar um teste de PCR negativo efetuado nas 72 horas anteriores à sua partida para a entrada no país.

Dica: Procurar as escolas da província de Quebec no DLI pelo seu nome em francês.


África do Sul:

Necessário apresentar a prova de um teste de PCR negativo para o COVID-19, efetuado nas 72 horas anteriores à sua partida. Caso não apresente, será obrigatório uma quarentena de 14 dias.


Malta:

Permitido a entrada desde que passem pelo menos os 14 dias anteriores em um dos países do corredor seguro antes de chegar a Malta. Pode ser necessário apresentar um teste de PCR negativo para o COVID-19, efetuado nas 72 horas anteriores à sua partida. Não é necessário visto por conta do Acordo Schengen, extensões podem ser feitas no país. 


França:

Necessário apresentar a prova de um teste de PCR negativo para o COVID-19, efetuado nas 72 horas anteriores à sua partida e preencher uma Declaração de Saúde do Viajante.

Até 90 dias, não é necessário um visto. Passageiros devem fazer quarentena obrigatória de 7 dias ao chegar na França e fazer um teste PCR no fim do sétimo dia de quarentena.

Consulado da França em São Paulo: Iniciou a retomada gradual de suas atividades em 03 de agosto, as solicitações são feitas apenas com agendamento prévio. Em caso de dúvidas em relação aos vistos, enviar e-mail para: visas.sao-paulo-cslt@diplomatie.gouv.fr.


Chile:

Liberada a entrada pelo aeroporto de Santiago, imprescindível ter a mão os seguintes documentos: 

• Formulário eletrônico de Declaração de Viajante preenchido  48 horas antes do embarque;

• Prova de resultado negativo de resultado de PCR de teste feito 72 horas antes da partida;

Comprovante de apólice de seguro saúde que forneça cobertura para COVID-19 e problemas de saúde relacionados durante a estada do viajante no Chile.

É obrigatório realizar uma quarentena de 10 dias.


Emirados Árabes:

Necessário ter atestado negativo de teste de PCR, que deve ter sido realizado até no máximo 96 horas antes do horário de partida. Passageiros que chegaram em Dubai a partir do Brasil deverão fazer outro teste de PCR na chegada no aeroporto internacional de Dubai.


Fonte: Associação Brasileira de Agências de Intercâmbio, BELTA